A ética do Filebo é uma ética pluralista?

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Francisco Bravo

Resumo

Tradução de Silvia Regina Barros da Cunha.


Tomando como uma hipótese geral que a ética do Filebo é uma ética da vida boa ou eudemônica, viso demonstrar neste artigo ser ela também, tal como a aristotélica, uma ética pluralista ou inclusiva.  Meus principais argumentos para esta conclusão podem ser enunciados como segue: 1) a postura aberta de Sócrates e Protarco, os principais palestradores, em contraste com a atitude dogmática de Filebo; 2) o método que Platão estabelece para a construção de sua ética nesse diálogo; 3) os princípios ontológicos que ele erige como base para essa ética; 4) os elementos que os principais oradores ao final incluem no bem misto que o ἀνθρώπινων ἀγαθόν é. Além disso, sustento que uma análise cuidadosa desses argumentos contribui, como diria Gadamer, para uma melhor compreensão da ética aristotélica.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
BRAVO, Francisco. A ética do Filebo é uma ética pluralista?. O que nos faz pensar, [S.l.], v. 27, n. 42, p. 165-183, june 2018. ISSN 0104-6675. Disponível em: <http://oquenosfazpensar.fil.puc-rio.br/index.php/oqnfp/article/view/608>. Acesso em: 15 nov. 2018. doi: https://doi.org/10.32334/oqnfp.2018n42a608.
Seção
Varia