Nietzsche, da história dos sentimentos morais à genealogia da moral

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Jelson Roberto de Oliveira http://orcid.org/0000-0002-2362-0494

Resumo

Objetiva-se, nesse artigo, analisar a articulação entre a filosofia histórica praticada por Nietzsche a partir de 1876 e a genealogia da moral. Para isso, almeja-se destacar como o filósofo passa da tarefa de analisar a história dos sentimentos morais, própria de Humano, demasiado humano, para aquela que leva a colocar o valor dos valores (ou seja, a própria moral) em xeque, em Para a genealogia da moral. Trata-se, afinal, de analisar a importância da relação entre vida e obra em vista de identificar os seus resultados: uma valorização das experiências individuais e a afirmação da inocência.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
OLIVEIRA, Jelson Roberto de. Nietzsche, da história dos sentimentos morais à genealogia da moral. O que nos faz pensar, [S.l.], v. 29, n. 46, p. 256-268, july 2020. ISSN 0104-6675. Disponível em: <http://oquenosfazpensar.fil.puc-rio.br/index.php/oqnfp/article/view/696>. Acesso em: 27 oct. 2020. doi: https://doi.org/10.32334/oqnfp.2020n46a696.
Seção
Varia