Sentido qualitativo de diferença, autorreferência e o caráter diáfano da consciência em Sérgio L. de C. Fernandes

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Carlos Diógenes Côrtes Tourinho

Resumo

O presente artigo é uma homenagem ao professor Sérgio Luiz de Castilho Fernandes. Encontra-se dividido em três partes. A primeira delas apresenta a visão do autor sobre os conceitos de “qualidade” e “quantidade”. Contrapõe o sentido numérico ao sentido qualitativo de diferença, através do exame do conceito de “duração”. Examina, em seguida, a ideia de que haja um “eu” que permaneça idêntico a si mesmo ao longo do tempo. Por fim, o artigo expõe a teoria de Sérgio Fernandes sobre o “caráter diáfano” da consciência através do que o autor denomina de “Mito do Jogo de Luz”.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
CÔRTES TOURINHO, Carlos Diógenes. Sentido qualitativo de diferença, autorreferência e o caráter diáfano da consciência em Sérgio L. de C. Fernandes. O que nos faz pensar, [S.l.], v. 28, n. 45, p. 530-545, dec. 2019. ISSN 0104-6675. Disponível em: <http://oquenosfazpensar.fil.puc-rio.br/index.php/oqnfp/article/view/662>. Acesso em: 04 dec. 2020. doi: https://doi.org/10.32334/oqnfp.2019n45a662.
Seção
Homenagens